Os russos também comem cachorro?

De almoços de cachorro à volta aos carneiros, expressões russas são caixinha de surpresas.

De almoços de cachorro à volta aos carneiros, expressões russas são caixinha de surpresas.

Iliá Ogarev
Não como chineses, mas na expressão idiomática, comem sim! Conheça esta e outras máximas russas.

1. Sair da pele (Из кожи вон лезть)Ilustração: Iliá OgarevIlustração: Iliá Ogarev

Fazer todo o possível não é suficiente para os russos, que saem da pele para alcançar seus objetivos!

2. Comeu um cachorro (Собаку съел

Ilustração: Iliá OgarevIlustração: Iliá Ogarev

É inacreditável, mas a expressão não tem nada a ver com uma quedinha russa pela culinária chinesa. “Comer um cachorro” significa “tornar-se especialista” em algo.  

3. Uma montanha caindo dos ombros (Словно гора с плеч свалилась)

Ilustração: Iliá OgarevIlustração: Iliá Ogarev

Se um peso sobre os ombros é um tremendo sofrimento em português, então imagine o peso de uma montanha? Agora imagine essa montanha escorregando dos seus ombros para o chão. Que alívio!

4. Conduzir pelo nariz (Водить за нос)

Ilustração: Iliá OgarevIlustração: Iliá Ogarev

Se você quiser fazer alguém de bobo, pegue-o direto pelo nariz e o guie assim. Os ciganos conduziam seus animais – geralmente ursos – por brincos nos narizes nas feiras russas, forçando-os a executar seus truques. Ainda bem que isso já não acontece mais!

5. Voltemos aos nossos carneiros (Вернемся к нашм баранам)

Ilustração: Iliá OgarevIlustração: Iliá Ogarev

Este é um apelo canônico russo que pede que as pessoas voltem ao assunto. É surpreendente que a frase tenha entrado na língua russa por meio da farsa francesa do século 15 “La Farce de Maître Pathelin”.  Na história, um pastor rouba alguns carneiros de um alfaiate, que em troca o processa. No tribunal, os dois começam a discutir e o juiz diz: “Podemos voltar aos carneiros?”.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.