Unesco inclui Catedral da Assunção na lista de Patrimônio Mundial

Complexo na ilha de Sviajsk surgiu 10 anos após fundação da cidade

Complexo na ilha de Sviajsk surgiu 10 anos após fundação da cidade

Ígor Aleev/TASS
Igreja e mosteiro estão localizados na cidade-ilha de Sviajsk, a 30 quilômetros de Kazan. Sessão da Unesco avalia 30 pedidos de inscrição até quarta-feira (12).

A Catedral da Assunção e o Mosteiro localizados na ilha da cidade de Sviajsk, na República do Tatarstão, foram inscritos na lista do Patrimônio Mundial da Unesco, informou a organização internacional em seu Twitter. 

“Apenas inscritos como #PatrimônioMundial da @UNESCO: Catedral da Assunção e Mosteiro da cidade-ilha de Sviajsk, na Federação Russa”, lê-se na publicação feita no domingo (9).

Com uma área de 62 hectares, a cidade insular de Sviajsk está situada em uma colina no estuário do rio Sviaga, a cerca de 30 quilômetros de Kazan (capital do Tatarstão). 

Sviajsk foi fundada como uma fortaleza pelo tsar russo Ivan, o Terrível, em 1551, tornando-se a primeira cidade ortodoxa nos confins do rio Volga.

A Catedral da Assunção foi construída dez anos depois, e possui o único afresco do mundo que retrata São Cristóvão com cabeça de cavalo.

A 41ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, que está ocorrendo na cidade polonesa de Cracóvia, irá avaliar 30 pedidos de inscrição junto à Lista do Patrimônio Mundial. A sessão concluíra seus trabalhos nesta quarta-feira (12).

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.