Ministério da Cultura recomenda filmes de Fellini e Hitchcock

“Noites de Cabiria”, de Fellini, figura entre as 100 obras selecionadas pelas autoridades russas Foto: kinopoisk.ru

“Noites de Cabiria”, de Fellini, figura entre as 100 obras selecionadas pelas autoridades russas Foto: kinopoisk.ru

Obras de Federico Fellini, Alfred Hitchcock, James Cameron, Bernardo Bertolucci e outros diretores famosos foram incluídas na lista dos 100 melhores filmes estrangeiros recomendados pelo Ministério da Cultura da Rússia.

A lista com os 100 melhores filmes estrangeiros foi publicada na seção de “Clássicos Estrangeiros” do site promovido pelo Ministério da Cultura russo. Os filmes selecionados são de origens diversas, como EUA, Alemanha, França, Reino Unido, Suécia, Itália, Espanha, Hungria, Iugoslávia, Polônia, Japão e China.

Entre as obras incluídas no top 100 constam obras como “Noites de Cabiria” (1957) e “8 e ½” (1963), de Fellini; “Vertigo” (1958), de Hitchcock; “E o Vento Levou” (1939), Victor Flemming; “Titanic” (1997), de James Cameron; “Voando Sobre Um Ninho de Cucos” (1975), de Milos Forman; “O Poderoso Chefão” (1972), de Francis Ford Coppola; “O Último Imperador” (1987), de Bertolucci; e “Tempos Modernos” (1936) e “Em Busca do Ouro” (1925), de Charlie Chaplin.

Todos os filmes que compõem a relação são acompanhados por informações gerais sobre o país de origem, data de lançamento,  diretor, roteirista, atores principais e breve resumo.

Trinta e cinco obras da lista, reconhecidas como patrimônio público em território russo, também estão disponíveis para exibição on-line e gratuita. Os 65 restantes podem ser obtidos por meio de recursos pagos, conforme link fornecido na própria página.

Atualmente, a seção de filmes nacionais do Ministério da Cultura conta com 145 longas, e 284 documentários, bem como diversos filmes de animação e didáticos.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.