As iguarias do lago Ladoga

Os cozinheiros do Noroeste da Rússia compõem poemas sobre seu peixe favorito: dizem que no lago Ladoga é o peixe com melhor cheiro, parecido com o de melão ou de pepino Foto: Lori / Legion Media

Os cozinheiros do Noroeste da Rússia compõem poemas sobre seu peixe favorito: dizem que no lago Ladoga é o peixe com melhor cheiro, parecido com o de melão ou de pepino Foto: Lori / Legion Media

Um dos peixes que moram no maior lago de água doce da Europa era considerado comida de plebeus, enquanto outro era servido na mesa dos reis.

O esperlão e o corregão, que habitam o lago Ladoga, o maior reservatório da água doce da Europa e que sempre alimentou com peixe toda a cidade de São Petersburgo, são verdadeiras iguarias. O corregão (Coregonus albula), o menor representante do gênero Coregonus,  era servido nos banquetes de coroações, enquanto o esperlão era considerado prato dos pobres de São Petersburgo daquela época.

Não é fácil encontrar o esperlão, enquanto todos os supermercados e restaurantes de São Petersburgo, na primavera, a estação de pesca, estão cheios de Coregonus albula, peixe pequeno, de cor esverdeada, de apenas 15 centímetros  de comprimento.

As donas de casa cozinham o esperlão muito rápido: em um pacote desse peixe fresco (tem que ser bem fresco) colocam um punhado de farinha para empanar. Em seguida, colocam na frigideira aquecida com óleo (somente de girassol), botam sal e em cinco minutos a iguaria nacional está pronta. O peixe não precisa ser limpo, nem esviscerado,  só é preciso colocar limão e pimenta a gosto. Um bom copo de chablis vai enfatizar o sabor fresco de noz desse delicado peixe. Cerveja light também pode fazer uma boa combinação.

Os cozinheiros do Noroeste da Rússia compõem poemas sobre seu peixe favorito: dizem que no lago Ladoga é o peixe com melhor cheiro, parecido com o de melão ou de pepino.

Parece que o corregão com brilho rosado também tem cheiro. O peixe é considerado aristocrático por sua carne mais macia (ele também não precisa ser descamado, nem limpo). Ao contrário de esperlão, não é tão fácil encontrá-lo: esse tipo de peixe é muito sensível à composição da água, e a situação com o meio ambiente no lago Ladoga, como em todas os reservatórios da bacia do Báltico, não é muito boa. A pesca de esperlão também tem diminuído a cada ano, mas ainda permanece em nível industrial.

Mas não se desespere. Se em um dos meses de primavera, você chegar ao lago Valdai, ao lado do qual fica a residência favorita do presidente Vladímir Pútin, terá uma chance: a ecologia em Valdai é muito boa, lá o Coregonus Albula é maravilhoso.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.