Campeã do Eurovision poderá visitar Moscou

O canal de televisão russo “Muz-TV” já tinha convidado a vencedora do Eurovision mesmo antes do concurso Foto: Photoshot / Vostock-Photo

O canal de televisão russo “Muz-TV” já tinha convidado a vencedora do Eurovision mesmo antes do concurso Foto: Photoshot / Vostock-Photo

O canal de televisão russo “Muz-TV” já tinha convidado a vencedora do Eurovision mesmo antes do concurso, mas acabou desistindo depois da vitória. Conchita, no entanto, ainda poderá visitar Moscou no final de maio.

A vencedora do Eurovision 2014, a “mulher barbada” Conchita Wurst (nome artístico do cantor pop austríaco Thomas Neuwirth) quer vir a Moscou para um “after-party” do festival.

O canal de televisão russo “Muz-TV” já tinha convidado a vencedora do Eurovision mesmo antes do concurso, mas acabou desistindo depois da vitória. Conchita, no entanto, ainda poderá vir a Moscou no final de maio. Os mais interessados são os organizadores de um “after-party” do Eurovision  na capital russa. Conchita já concordou, mas as informações da sua vinda ainda são um segredo muito bem guardado.

A Igreja Ortodoxa Russa e o partido “Rússia Unida” expressaram preocupação com a vitória de um artista transvesti e na semana passada o Conselho Municipal de Moscou proibiu uma “marcha barbuda” em homenagem a Conchita Wurst.

“Há alguns dias, conversei com Conchita. Ela realmente quer visitar a Rússia por considerar o país muito romântico. Ela sabe que tem muitos fãs aqui, não é à toa que lhe demos o terceiro lugar (na votação nacional)”, disse um dos promoters russos do Eurovision, Dmítri Melnikov. “Por causa da relação especial de Wurst com nosso país, há uma série de condições impostas por ela relacionadas, principalmente, com segurança e privacidade.”

A visita de Conchita a Moscou depende também de um lugar para a festa e de sua agenda de shows, que está bem apertada. A enorme programação dos shows de Wurst na Europa já estava determinada há muito tempo. Nos dias 28 e 29, por exemplo, Cochita terá dois grandes shows em Viena.

Enquanto isso, o deputado da Assembleia Legislativa de São Petesburgo, Vitáli Milinov, apelou ao Ministério da Cultura da Federação da Rússia com um pedido para “proibir o cantor Thomas Neuwirth, atuando sob o pseudônimo de Conchita Wurst, de realizar concertos na Rússia”. O deputado recebeu do serviço de imprensa do ministério a resposta que afirma que “a competência do Ministério da Cultura não inclui a proibição de visitas à Rússia de homens e mulheres barbadas”.

 

Com material da Gazeta.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.