Festival traz ao Brasil destaques do cinema contemporâneo russo

Entre os filmes que fazem parte do festival, está o drama “Lenda 17”, sobre um histórico torneio de hóquei no gelo entre as seleções da União Soviética e do Canadá em 1972 Foto: kinopoisk.ru

Entre os filmes que fazem parte do festival, está o drama “Lenda 17”, sobre um histórico torneio de hóquei no gelo entre as seleções da União Soviética e do Canadá em 1972 Foto: kinopoisk.ru

Mostra de filmes acontecerá em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Entre o final de novembro e o início de dezembro, três cidades brasileiras poderão conhecer algumas das mais recentes produções do cinema da Rússia, durante a Semana de Filmes Russos.

Durante o evento, que conta com o apoio do Ministério da Cultura da Rússia, serão organizadas mostras no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília, nas quais o público brasileiro terá a oportunidade de conferir algumas das mais importantes filmes realizadas em 2011, 2012 e 2013 no país.

A seleção inclui tanto sucessos de bilheteria como produções de baixo orçamento e muitos dos títulos escolhidos foram premiados em festivais do país.

Uma delegação de 23 pessoas veio ao Brasil especialmente para o festival, incluindo atores, diretores, críticos e teóricos do cinema.

Também acompanhará a mostra Sergey Novozhilov, Secretário da União de Cineastas da Federação Russa.

“A diversidade de temas e realizações das 20 produções exibidas no festival – oito longas, quatro curtas e oito animações – permite formar, no conjunto, uma imagem bastante completa da atual situação do cinema russo”, avalia Novozhilov.

A Semana de Filmes Russos terá abertura oficial no dia 25 de novembro, no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio de Janeiro. A mostra na cidade acontece de 24 a 30 de novembro,no Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo.

Já em São Paulo o evento será realizado de 28 de novembro a 5 de dezembro, no Espaço Itaú de Cinema da rua Augusta. Em Brasília, a mostra acontece de 27 de novembro a 4 de dezembro, também no Espaço Itaú de Cinema.

Entre os filmes que fazem parte do festival, está o drama “Lenda 17”, sobre um histórico torneio de hóquei no gelo entre as seleções da União Soviética e do Canadá em 1972, que revelou ao mundo Valéri Kharlamov, que se tornaria uma das maiores estrelas do esporte na Rússia.

Entre as comédias, é possível ver “Meu Pai Baryshnikov”, que conta a história de um menino que estuda balé clássico e descobre ser filho do lendário dançarino Mikhail Baryshnikov, e “Um Jogo De Homens E Mulheres”, sobre um time de futebol feminino formado por funcionárias de uma construtora prestes a erguer um estádio.

A seleção inclui filmes que retratam diversos momentos da história russa. É o caso de “Subtenente Romashov”, que se passa na Rússia czarista, e “Redenção”, cuja história se desenvolve no primeiro ano após a Segunda Guerra Mundial.

Haverá ainda a exibição de diversos curtas-metragens e animações. Entre os destaques estão o curta de suspense “Pescaria”, sobre dois casais jovens que são pegos com drogas pela polícia, e a animação “Alma de Pescador”, que fala sobre o amor de pescadores pelas sereias.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.