Especialista responde a perguntas sobre Fiódor Dostoiévski

Liudmila Saráskina é doutora em filologia, historiadora da literatura, estudiosa da vida e obra de Fiódor Dostoévski e Alexander Soljenítsin Foto: Nóvaia Gazeta

Liudmila Saráskina é doutora em filologia, historiadora da literatura, estudiosa da vida e obra de Fiódor Dostoévski e Alexander Soljenítsin Foto: Nóvaia Gazeta

Hoje, no dia em que se comemora o nascimento do grande escritor russo Fiódor Dostoiévski, Liudmila Saráskina, eminente historiadora da literatura, responde a perguntas dos leitores da Gazeta Russa sobre o autor.

Eu gostaria de saber o que Dostoiévski achava do cristianismo. Érika Batista

Dostoiévski era cristão ortodoxo e professava um grande amor por Cristo.

Dostoiévski conhecia o catolicismo? Suas obras passam alguma atitude crítica em relação a ele. Paula Almarat

Na prisão, Dostoiévski travou conhecimento com católicos poloneses condenados a trabalhos forçados. Ele se ressentiu com a atitude arrogante daqueles em relação aos prisioneiros ortodoxos. Mais tarde, ele escreveria muitas críticas ao Papa Pio 9.

Qual a relação entre o personagem Raskolnikov e o próprio Dostoiévski? Vinícius Ramos Pires

Dostoiévski entendia muito bem todos os motivos e estímulos de Raskolnikov, mas pessoalmente nunca viveu tal experiência.

Dostoiévski retirava as ideias para seus trabalhos de sua própria experiência? Ele sofria de alguma doença mental? Ele teve algum problema com a lei?

Claro que retirava, como todo escritor. Mas ele não sofria de nenhuma doença mental, era mentalmente saudável. No entanto, quando jovem, sofreu de forte tensão nervosa. Tinha medo do sono letárgico. No que diz respeito às questões da lei, por sua participação no círculo intelectual revolucionário, em 1849, ele foi preso, julgado e condenado à morte por fuzilamento. A sentença acabou sendo substituída por quatro anos de trabalhos forçados e seis anos de exílio como soldado. Ele foi libertado em 1859.

Além de George Sand, a quem Dostoiévski dedicou um texto após sua morte, e Púchkin, que outros escritores e pensadores Dostoiévski admirava? Quem influenciou seu trabalho? Mônica Colacique

Shakespeare, Schiller, Balzac, Goethe, Hoffmann, Victor Hugo.

Dostoiévski estudou psicologia clínica?

Ele nunca estudou a matéria no verdadeiro sentido da palavra, mas captava muita coisa intuitivamente.

Que momentos de sua vida influenciaram a obra de Dostoiévski?

A sua infância, a participação no círculo Petrashevski e o período passado na prisão.

Ele encontrou mulheres dezembristas na Sibéria, para onde foi exilado?

Sim, na prisão transitória de Tobolsk e em Omsk. Além disso, ele se correspondia com a esposa do dezembrista Fonvízin, Natália Fonvízina.

Como era a relação entre Dostoiévski e Turguênev? Cristiano Alves

Complicada, polêmica e às vezes hostil, devido à diferença de suas convicções.

Dostoiévski se curou do vício do jogo ou jogou até o final de sua vida? Gala Kalashnikova

Ele se curou. Jogou pela última vez quando escrevia o romance "Os Possessos", em 1871. No total, sofreu com o vício do jogo durante dez anos.

Dostoiévski amava a sua esposa?

Ele foi casado duas vezes. A sua primeira esposa morreu jovem, de tuberculose. Com a segunda esposa, a qual ele amava muito, viveu 14 anos.

Existe algum protótipo do staretz (ancião) Zózimo de “Os Irmãos Karamazov” ou esse personagem é fruto da imaginação do autor?

 

Liudmila Saráskina

É doutora em filologia, historiadora da literatura, estudiosa da vida e obra de Fiódor Dostoévski e Alexander Soljenítsin, autora de mais de uma dezena de livros e vencedora de uma série de prêmios literários, incluindo o "Livro do Ano" (2008) e "O Grande Livro " (2008, em duas categorias).

Foi professora convidada em universidades da Dinamarca, EUA e Polônia e lecionou em escolas do Japão e da Alemanha.

É uma imagem coletiva. Os monges de Optina mais a imagem ficcional do ideal de um cristão.

De todas as suas obras, qual era a que Dostoiévski gostava mais? Rita S.

Aquela que estava escrevendo naquele momento.

Sabe-se alguma coisa sobre o final que Dostoiévski havia pensado para o romance “Netochka Nezvanova”? Débora Mestre

Existe a teoria de que “Netochka Nezvanova” no final se tornaria cantora e atriz, mas não há nenhuma evidência direta.

O que Dostoiévski quis nos mostrar e dizer com sua obra “Os Demônios”? Jorge Pavlyuchenko Romero

Ele quis mostrar como é perigosa a tentação da revolução e quis alertar a sociedade sobre esse perigo.

Por que os personagens de seus romances se encontram sempre em estados mentais extremos, à beira do suicídio? De onde vem todo esse aspecto sombrio?

Dostoiévski acreditava que o indivíduo se conhecia melhor em estado limite do que na vida cotidiana.

Que impacto tiveram as questões e problemas sociais na criação das personagens de Dostoiévski? Literatura Russa

As questões sociais tinham uma influência predominante na sua obra, Dostoiévski vivia obcecado por elas.

Ouvi dizer que o escritor tinha planejado continuar “Os Irmãos Karamazov”, mas não conseguiu. Existem mais detalhes sobre como seria essa continuação? Paula Almarat

Sim, existem. Existem versões indiretas de que Aliocha Karamazov se tornaria um regicida, que virava revolucionário.

Estou lendo atualmente “A Visão de Mundo de Dostoiévski”, de Nikolai Berdiaev. Na sua opinião, Berdiaev foi um bom intérprete das ideias de Dostoiévski? Paula Almarat

Ele foi um intérprete muito interessante das ideias de Dostoiévski, mas se aprofundou pouco em sua literatura.

Por que é preciso ler as obras de Dostoiévski?

Porque esta é a melhor escola de aprendizagem e de autoconhecimento.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.