Tolstói completo a um clique

Neta de Tolstói diz que escritor ficaria satisfeito com iniciativa de distribuir suas obras gratuitamente Foto: Boris Prikhodko/RIA Nóvosti

Neta de Tolstói diz que escritor ficaria satisfeito com iniciativa de distribuir suas obras gratuitamente Foto: Boris Prikhodko/RIA Nóvosti

Análogo russo do projeto humanitário internacional Gutenberg começa com a digitalização de 90 volumes do grande escritor do século 19.

O Museu Lev Tolstói e a companhia ABBYY anunciaram o lançamento do projeto  “Tolstói completo a um clique”, pelo qual todas as obras do autor russo estarão disponíveis gratuitamente no site readingtolstoy.ru, tanto para leitura como para download em dispositivos móveis.

A coleção em vários volumes inclui não apenas obras famosas, mas também diários, cartas, artigos jornalísticos e textos filosóficos e religiosos.

Embora os textos já tenham sido digitalizados, voluntários estão agora trabalhando sobre a versão eletrônica dos arquivos para corrigir eventuais erros. Qualquer pessoa pode se tornar um voluntário, mas para isso é preciso fazer um cadastro no site do projeto. Cada voluntário recebe um trecho de 20 páginas, que será posteriormente revisado por editores profissionais.

A ideia de disponibilizar as obras de Tolstói na internet partiu de sua bisneta, Fekla Tolstói, que é chefe do departamento de desenvolvimento do museu dedicado ao escritor. “Quando eu comentava esse projeto com os meus amigos, muitos diziam para eu tomar cuidado, pois poderiam ‘roubá-la’. Mas nosso objetivo principal é exatamente o oposto: por favor, peguem o que desejarem, reimprimam”, explicou a neta do autor ao jornal “Vedomosti”.

“Tenho a impressão de que meu avô teria aprovado a distribuição gratuita de seus trabalhos na internet. Suas atividades publicitárias e a recusa dos honorários confirmam isso”, acrescentou Fekla Tolstói.

Em apenas 5 horas após o lançamento do projeto, o site oficial registrou mais de 100 voluntários e cinco volumes foram baixados para revisão. Até o fim do mesmo dia, quase 500 voluntários já estavam trabalhando com os textos de Tolstói.

Embora esse projeto esteja disponível apenas em russo, o site do Gutenberg (http://www.gutenberg.org/) oferece versões de algumas obras em inglês e português.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.