Estação quente traz também as feiras de produtores rurais

Na Feira do Pepino, é possível comprar mudas, pepinos frescos, pepinos marinados e em conserva Foto: Stockfood fotobank

Na Feira do Pepino, é possível comprar mudas, pepinos frescos, pepinos marinados e em conserva Foto: Stockfood fotobank

A Gazeta Russa compilou uma lista dos melhores festivais gastronômicos e feiras de produtores na Rússia para o próximo verão.

Feiras de produtores rurais estão se tornando cada vez mais populares na Rússia. Algumas delas se transformaram em verdadeiros festivais, reunindo milhares de pessoas de todo o país.

Elas são visitadas não só por quem quer comprar produtos frescos e sementes, mas também por aqueles que desejam participar de competições, vestir trajes tradicionais, ouvir música popular e, o mais importante, tomar café da manhã, almoçar e jantar gratuitamente pratos da cozinha nacional.

O quê:Framboesas

Quando:14 de julho

Onde:Vilarejo de Novossiolki, província de Riasan

Como chegar:É mais fácil chegar em Riazan por trem, da estação ferroviária de Kazan, ou de ônibus. O percurso leva 3,5 horas. Em Riazan, na parada Miassokombinat, deve-se pegar o ônibus nº 114 para Novossiolki, que sai a cada 40 minutos.

Foto: Lori/LegionMedia

O Festival da Framboesa em Novossiolki já ocorre há cinco anos. Na feira da framboesa compram-se frutas frescas, folhas secas, geleia medicinal de framboesa, xaropes doces e o famoso licor de framboesa (bebida com 20% de teor alcoólico).

Como cortesia, é servido chá preparado de acordo com antigas receitas regionais, com “pirojki”(pasteizinhos assados) e geleia de framboesa. A cada ano, os visitantes são convidados a participar do preparo da maior torta de framboesa da Rússia, de até um metro de diâmetro. A região de Riazan é considerada um “local framboesa”: aqui os arbustos crescem até três metros de altura.

O quê: Pepinos

Quando: 20 de julho

Onde: Suzdal, província de Vladímir

Como chegar: Suzdal faz parte da rota turística Anel de Ouro (http://www.statravel.com/tours-and-treks/Europe/Golden-Ring-of-Russia-23-ARGR). A melhor forma de participar do festival é percorrer todo o percurso de ônibus ou bicicleta.

No 13º Festival Internacional de Pepinos de  Suzdal será possível provar a geleia e as sopas de pepino, entre as quais figurará, com certeza, a tradicional sopa fria “Okroshka”, além de rolinhos com pepinos e outros pratos cujas receitas pouco mudaram em 500 anos.

Na Feira do Pepino, é possível comprar mudas, pepinos frescos, pepinos marinados e em conserva, petisco favorito russo para acompanhar a vodca. Nas oficinas de culinária, chefs locais revelam os segredos de receitas tradicionais, e para os convidados que tiveram a sorte de ter nascido naquele dia, organizam-se “aniversários de pepino”.

O quê: Tomates

Quando: 24 de agosto

Onde: Sizran, província de Samara.

Como chegar: De Moscou, é possível alcançar Sisran de trem; da capital, da estação de Kazan, partem 15 trens diários. O trajeto leva 12 horas. No entanto, a melhor forma de se visitar Sizran é por um cruzeiro no Rio Volga, pegando um ônibus em Samara (175 km).

Foto: PhotoXpress

Desde 2001, a feira Tomate de Sizran constitui um cartão postal da região de Samara, quando as ruas da cidade são rebatizadas em homenagem ao tomate.

Durante a feira, pela manhã, há o Desfile do Tomate; à noite, ocorre uma batalha de tomates, análoga à Tomatina espanhola. No decorrer do festival, visitantes têm a oportunidade de experimentar qualquer prato na feira, comprar sementes, tomates frescos e enlatados, lembranças feitas de casca de bétula e artigos de artesanato.

O quê: Melancias

Quando: 15 de setembro

Onde: Astrakhan, província de Astrakhan

Como chegar: Astrakhan é uma das principais paradas de cruzeiros no Rio Volga (http://www.volgadream.com/). Voos Moscou-Astrakhan-Moscou custam cerca de € 300, e os bilhetes podem ser adquiridos no site oficial da companhias aéreas  S7, Utair e Aeroflot.

Nos últimos 10 anos, a região de Astrakhan produziu uma média de 110 mil toneladas de melancias por ano. A feira Melancia Russa é realizada anualmente em Astrakhan e coincide com o dia de aniversário da cidade: o terceiro domingo de setembro.

Na feira, é possível comprar sementes para, experimentar as variedades mais incomuns da fruta, como a melancia lua, com polpa amarela clara, medir o diâmetro das maiores melancias e pesar as maiores, além de também participar do concurso do devorador mais rápido da fruta e levar tantas melancia grátis quantas conseguir carregar.

O quê: Batata

Quando: 6 de outubro

Onde: Vodovatovo, província de Níjni Novgorod

Como chegar: A melhor maneira de visitar Vodovatovo é como parte do trajeto para a “Detroit Russa”, Níjni Novgorod, ou por um cruzeiro pelo Rio Volga (http://www.volgadream.com/).

No primeiro domingo de outubro, na aldeia de Vodovatovo, é realizado o Festival da Batata, no qual os agricultores do sul da Rússia vendem batatas a preços reduzidos, chefs realizam concursos de preparo de pratos com batata e jardineiros locais oferecem oficinas ensinando como cuidar de mudas.

A cada ano, o distrito de Arzama, da região de Níjni Novgorod, produz cerca de 200 mil toneladas de batatas; se todas as batatas fossem carregadas em vagões, o comprimento desta composição seria de 40 km.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.