Como curtir Moscou de graça

Moscou pode oferecer uma quantidade enorme de aventuras gratuitas Foto: Ricardo Marquina

Moscou pode oferecer uma quantidade enorme de aventuras gratuitas Foto: Ricardo Marquina

Sem colocar a mão do bolso, turista que visita a capital russa pode curtir uma volta de bicicleta, descansar na praia, visitar museus e fazer um tour.

Moscou é uma das cidades mais caras do mundo. Isso detém muitos turistas  que pensam em encarar uma “aventura” na Rússia. 

No entanto, se o objetivo é se divertir sem gastar, Moscou pode oferecer uma quantidade enorme de aventuras gratuitas.

Meio de transporte

Passagem livre em qualquer meio de transporte em Moscou só é possível se você é um herói da União Soviética ou da Rússia, um Cavaleiro da Ordem da Glória ou uma criança de até 7 anos de idade.

Mas não vale a pena se desesperar: na capital, já há bicicletas disponíveis para empréstimo para uma volta. São cinco pontos de empréstimo: nos parque Sókolniki, Fíli, Severnoe Tushino, Neskúchni Sad e Vorobióvi Góri.

Antes do verão de 2012, era possível dar uma volta mediante apresentação do passaporte, e a bicicleta podia ser usada somente por duas horas. Este ano, a promessa é que haja um aumento significativo do tempo de empréstimo. Além disso, no Vorobióvi Góri pode-se fazer uma excursão ecológica gratuita de uma hora pelo parque.

Ficar deitado na praia

Em Moscou, existem quatro praias de acesso livre: as de Troparevo (para relaxar com as crianças), Mesherscoe Ózero (uma praia selvagem),  Academícheskie Prudí (com atrações aquáticas, pingue-pongue, bilhar e hóquei de mesa) e Serébriani Bor (complexo de praias com uma separada para o nudismo).

Para matar a fome

Comer gratuitamente em Moscou é uma tarefa das mais complicadas. No entanto, existem várias maneiras de se matar a fome sem gastar um centavo. Todas terças e quintas-feiras, às 14h, na rua Velho Arbat, 37, em frente à parede decorada por grafiteiros em memória ao artista de rock russo Víktor Tsoi, é oferecido chá, bolinhos e iogurtes.

Como segunda opção, Moscou possui três anticafés, onde não se paga pelo alimento consumido, mas pelo tempo passado: o Tsiferblát Clockface Café, o Bábochki e o Local Time. O custo de 1 minuto em um destes locais não sai por mais de 2 centavos, e você pode trazer a sua própria comida e bebida e também desfrutar do chá com bolinhos gratuitos. Além disso, todos os três cafés oferecem acesso wi-fi gratuito.

Visitar um museu

Em Moscou, há alguns museus com entrada livre o ano todo: o Centro Cultural Casa de Bulgakov, localizado na casa onde viveu o famoso escritor Mikhail Bulgakov; o Museu da História do Hospital Psiquiátrico da Cidade, o Museu da Cultura Industrial e o Museu da história do Metrô de Moscou.

Além destes, na Noch Muzéev (a Noite dos Museus), é possível entrar em qualquer museu sem a necessidade de ingressos.

No terceiro domingo de cada mês, o Museu de Arte Moderna, o Museu Memorial de Cosmonáutica e o Museu de História do Gulag também funcionam gratuitamente.

Nas quintas e sextas, das 10h às 12h, o Museu de Bonecas Únicas também tem entrada franca para visitação. Já o Museu de História Local Dom na Náberejnoi funciona gratuitamente todo terceiro sábado do mês.

Para ir ao teatro

Teatros estudantis oferecem entrada livre para todos os seus shows. Não esqueça que a Rússia possui uma das mais desenvolvidas tradições de teatro do mundo, e muitos shows estudantis são apresentados no nível semelhante aos shows profissionais.

Sua programação é geralmente postada nos sites oficiais dos teatros e cinemas de universidades da capital: Ramt, Instituto Teatral Shchukinsky, Escola Superior de Teatro Shchepkinsky, Instituto  de Cinematografia Gerasimov, entre outros.

Passear pela cidade com um guia

Existem passeios pelo centro histórico de Moscou junto de um pequeno grupo e com um guia em inglês totalmente gratuitos; estes serviços são oferecidos pela empresaMoscow Free Tour.

A empresa também oferece tours pagos –na compra de um deles, o turista também pode obter um desconto de 30% em um ônibus de turismo pela  cidade.

O site turístico Vikhod v Górod (Passeio para a cidade) oferece excursões temáticas gratuitas e também excursões gratuitas de bicicleta –que são normalmente em russo, embora você também possa encontrar um guia que fale inglês.

Ir ao cinema

Em Moscou, existem muitos clubes de cinema, onde é possível ver filmes novos gratuitamente e desfrutar de clássicos ou filmes underground normalmente não apresentados nos cinemas.

O mais sério dentre esses lugares é o Centro de Filmes Documentários, com filmes apresentados em russo e em inglês, seguidos por debates.

A entrada é franca, mas é aconselhável fazer a reserva com antecedência no site, uma vez que a procura é grande.

O clube do cinema Tsurtsum Curcum traz mostras de séries de filmes estrangeiros.

Já o Rodnya Studio é considerado um dos cinemas mais modernos de Moscou –em duas de suas três salas é permitido fumar, e aos visitantes que chegam cedo, são oferecidos cocktails com ou sem álcool.

Aqui são apresentadas seleções temáticas gratuitas de 8 a 10 filmes, preparados por jovens curadores críticos de arte e jornalistas.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.