São Paulo recebe "Sábado Russo"

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Dedicado à cultura russa, evento será realizado no Museu Lazar Segal no dia 2 de março. "Sábado Russo" contará com lançamentos literários, mesa de discussões, exibição de filmes e leitura de poesias.

Neste sábado (2), no Museu de Lazar Segal, será realizado o Sábado Russo. No evento, serão lançadas as obras "Perspectiva Inversa", de Pável Floriênski, e "Sokurovianas, História e Poder", o terceiro número dos cadernos de pesquisa Kinoruss.  

 Também haverá exibição dos filmes "Os dias brancos", de José Manuel Mouriño, e "Sonata para Viola - Dmítri Shostakóvitch", de Aleksandr Sokúrov e Semion Aranovitch. Após as mostras serão realizados mesas de discussões e leituras de poesias.

Segundo Neide Jallageas, uma dos organizadores do evento, o espírito principal do Sábado Russo é celebrar o lançamento de um novo número do caderno Kinoruss e realizar atividades relacionadas ao conteúdo do mesmo. Os organizadores avisam que o caderno não possui caráter comercial. A distribuição é gratuita, assim como a entrada no Sábado Russo.
Os filmes e a mesa abordarão o novo número dos cadernos Kinoruss e a obra de Pável Floriênski. "Dias brancos" conta com a participação da equipe de Tarkóvski, com ele trabalhou na realização de "Nostalgia", seu penúltimo filme, que foi rodado na Itália. 

O filme "Sonata para Viola - Dmítri Shostakóvitch", de Sokúrov, é uma biográfia poética do compositor. Ambos artistas também serão discutidos na mesa. 

Os organizadores do Sábado Russo pretendem criar uma atmosfera que permita entrar no mundo dos artistas russos para melhor compreender seus métodos criativos. 

“O foco estará principalmente em Pável Floriênski, Lasar Segall, Andrêi Tarkóvski, Dmítri Shostakovitch e Aleksandr Sokurov, que transformaram suas experiências pessoais e suas visões de mundo, ainda que cerceados em sua liberdade, sob qualquer pretexto e condição impostos pelo poder instituído”, diz Jallageas.

O Sabado Russo é o segundo de uma série de eventos dedicados à cultura russa. O primeiro Sábado Russo ocorreu em junho de 2012, e marcou o lançamento da segunda edição dos cadernos de pesquisa Kinoruss, quando foi exibido o filme "Dolorosa Indiferença", de Sokúrov,.

Os organizadores do evento, que não possui de orçamento fixo, estão sempre à procura de novas parcerias. “Dispomos apenas de nossa paixão pela pesquisa e boa vontade. Consequentemente, divulgamos o conhecimento sobre a cultura e artes russas”, completa Jallageas.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.