De Pequim-2008 a Rio-2016, os presentes aos medalhistas russos

Cerimônia de entrega de carros aos medalhistas dos Jogos no Rio

Cerimônia de entrega de carros aos medalhistas dos Jogos no Rio

Ekaterina Chtukina/RIA Nôvosti
Vencer nos Jogos Olímpicos é um dos maiores feitos de um atleta e envolve recompensa. Além de prêmios em dinheiro, adicionais incluem carrões, apartamentos e itens caros.

O presidente russo Vladímir Pútin recebeu no Kremlin, na semana passada, os atletas nacionais que conquistaram medalhas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Este ano, a delegação ganhou 56 medalhas, incluindo 19 ouros, 18 pratas e 19 bronzes, garantindo o quarto lugar no quadro-geral do torneio.

Além dos prêmios estatais, os campeões olímpicos receberam prêmios em dinheiro, cujo montante não foi alterado desde os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012: 4 milhões de rublos (cerca de R$ 200 mil) para cada medalha de ouro; 2,7 milhões de rublos (cerca de R$ 140 mil) para medalhistas de prata; e 1,7 milhões de rublos (R$ 85 mil) para os de bronze. Os primeiros colocados receberam ainda as chaves de um X6, os segundos, de um X4, e os terceiros, de um X3.

Desde a criação, em 2005, do Fundo de Apoio aos Esportistas Olímpicos, os atletas russos que ganham medalhas nos Jogos Olímpicos costumam receber carros. Mas os presentes não param por aí, como mostra a experiência com Olimpíadas há 8 anos.

Olimpíada de Pequim (2008)

Medalhista de ouro na maratona de 10km em Pequim, Larisa Iltchenko Foto: Maksim Chemetov/TASSMedalhista de ouro na maratona de 10km em Pequim, Larisa Iltchenko Foto: Maksim Chemetov/TASS

Medalhistas russos receberam carros BMW. Em 2008, foram distribuídos 137 modelos aos campeões Jogos Olímpicos de Pequim, após a conquista de 72 medalhas em diferentes modalidades. Os medalhistas de torneios masculinos receberam um X5, e as campeãs dos femininos, um X3.

Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver (2010)

Modelos Audi alinhados na Praça Vermelha antes de cerimônia pós-Vancouver-2010 Foto: Maksim Chemetov/TASSModelos Audi alinhados na Praça Vermelha antes de cerimônia pós-Vancouver-2010 Foto: Maksim Chemetov/TASS

Em 2010, os medalhistas receberam como Audis de presente: os de ouro ganharam Audi Q7 dourados de classe premium, os de prata, crossovers Audi Q7 de tom prata metálico, e os de bronze, modelos Allroad Quattro da cor de sua medalha. Além disso, todos receberam relógios suíços.

O patinador Evguêni Pluchenko ganhou ainda um prêmio especial: em São Petersburgo deram-lhe uma medalha de ouro com a frase “Ao verdadeiro vencedor Evguêni Pluchenko por sua maestria insuperável, do povo russo”.

Olimpíada de Londres (2012)

Serguêi Monia, medalhista de bronze em basquete nos Jogos de Londres Foto: Evguêno Biatov/RIA NôvostiSerguêi Monia, medalhista de bronze em basquete nos Jogos de Londres Foto: Evguêno Biatov/RIA Nôvosti

Depois dos Jogos Olímpicos de Londres, todos os medalhistas receberam mais uma vez carrões: quem ficara em primeiro colocado ganhou um A8, em segundo, um A7 Sportback, e em terceiro, um A6. No total foram dados 129 veículos.

Além disso, os nomes dos campeões olímpicos russos em Londres foram parar em 500 moedas especiais de 10, 50 e 100 rublos.

Jogos Olímpicos de Inverno de Sôtchi (2014)

Viktor Ahn com sua esposa, Nari, em um dos apartamentos recebidos. Foto: Maxim Blinov / RIA NovostiViktor Ahn com sua esposa, Nari, em um dos apartamentos recebidos. Foto: Maxim Blinov / RIA Novosti

A Rússia conquiastou 33 prêmios na Sôtchi-2014: 13 ouros, 11 pratas e 9 bronzes, ocupando o primeiro lugar no quadro de medalhas. Os vencedores dos Jogos Olímpicos de 2014 receberam, como de praxe, 45 carros Mercedes-Benz brancos - classes GL (ouro), ML (prata), e GLK (bronze).

O hexacampeão olímpico de patinação de velocidade em pista curta Víktor Ahn recebeu o prêmio mais caro de todos. O Fundo de Apoio aos Esportistas Olímpicos deu a ele um duplex em Khímki, nos arredores de Moscou. E essa não foi a única propriedade que recebeu como presente.

O diretor da empresa de construção civil Rosstroiinvest, de São Petersburgo, lhe entregou as chaves de um apartamento, e uma construtora de Obninsk, de um estúdio.

Além disso, Víktor Ahn e Aleksandr Tretiakov, campeão de skeleton, receberam medalhas com fragmentos do meteorito de Tcheliabinsk.

Medalha de recordação com fragmentos de meteorito. Foto: Valery Zhirokhov / TASSMedalha de recordação com fragmentos de meteorito. Foto: Valery Zhirokhov / TASS

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.