Até 12.000 russos virão às Olimpíadas, diz cônsul-geral

Amanhecer em Copacabana, na véspera da abertura dos Jogos Olímpicos

Amanhecer em Copacabana, na véspera da abertura dos Jogos Olímpicos

Stanislav Krasilnikov/TASS
Número se refere à quantidade de ingressos comprados por cidadãos russos. Admissão da equipe olímpica da Rússia, porém, ainda depende de comissão do COI.

Até 12.000 torcedores russos planejam assistir aos Jogos Olímpicos no Brasil, informou o cônsul-geral da Rússia no Rio de Janeiro, Vladímir Tokmakov, nesta quinta-feira (4).

“Esperamos que 10.000 a 12.000 torcedores russas venham Brasil, uma vez que eles já compraram ingressos para eventos esportivos no âmbito dos Jogos Olímpicos”, disse Tokmakov à agência Tass. “Além disso, turistas comuns virão também, é claro, porque as pessoas podem ir não só a competições, mas também visitar as áreas para torcedores, e há um grande número delas aqui”, acrescentou.

Segundo o diplomata, o Consulado Geral da Rússia no Rio de Janeiro irá prover todo tipo de assistência a turistas russos, quando necessário.

“Nos preparamos cuidadosamente para os Jogos Olímpicos. Criamos um plano de ação, a equipe foi dividida em termos de cooperação com o Comitê Olímpico da Rússia e o Comitê Organizador Rio-2016. Pode-se dizer que os Jogos já começaram há muito tempo para nós”, disse Tokmakov.

Recentemente, o agregador de turismo Momondo divulgou que o número de buscas por passagens para o Rio no período das Olimpíadas, de 5 a 21 de agosto, havia dobrado, em comparação ao mesmo período de 2014.

A Casa da Rússia, base do país durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, fica situada no Clube dos Marimbás, em Copacabana.

Decisão final sobre atletas

A seleção russa nos Jogos Olímpicos do Rio deverá incluir entre 270 e 280 atletas, declarou o presidente do Comitê Olímpico Russo, Aleksandr Jukov.

A admissão da equipe olímpica da Rússia na Rio-2016 ainda depende da decisão final do recém-formado Painel do Comitê Olímpico Internacional (COI), que inclui apenas três membros: Ugur Erdener, o chefe da comissão médica do COI; Claudia Bokel, membro do conselho executivo do COI e presidente da Comissão de Atletas do órgão; e Juan Antonio Samaranch Junior, também membro do conselho executivo.

Com material da agência de notícias Tass

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.