Delegação russa na Rio-2016 reforça proteção contra vírus da zika

Parte da delegação olímpica da Rússia em chegada ao Galeão, no RJ

Parte da delegação olímpica da Rússia em chegada ao Galeão, no RJ

AP
Além de sprays e roupas especiais, atletas do país têm quarto com ar condicionado para evitar que janelas sejam abertas. Chefe da delegação negou que situação seja crítica.

Todas as medidas necessárias foram tomadas para proteger os esportistas russos do vírus da zika transmitido por mosquitos, declarou à agência TASS o chefe da delegação russa para os Jogos Olímpicos no Rio, Ígor Kazikov, nesta sexta-feira (29).

“Não é minha primeira vez aqui, nós já visitamos [o Brasil] durante os preparativos para os Jogos. Todo esse alvoroço midiático em relação ao vírus da zika é, possivelmente, um pouco exagerado”, disse Kazikov. “Em primeiro lugar, não vejo muitos mosquitos aqui nesta época da ano. Em segundo, temos feito todo o possível para tomar precauções básicas.”

Entre as medidas, todos os quartos dos esportistas russas foram equipados com ar condicionado, para evitar que as janelas sejam abertas.

“Além disso, trouxemos sprays especiais para repelir insetos. E as roupas também foram com base nisso – calças, mangas compridas”, destacou o chefe da delegação.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou em 1º fevereiro, então presente em 24 países da América, uma emergência de saúde pública de importância internacional. Até o momento foram documentados surtos também em regiões na África e na Ásia.

Com a rápida disseminação da doença no Brasil, o assunto acabou virando pauta de especulações sobre a permanência dos Jogos no país. Os profissionais expressaram preocupação especial com a visita de mulheres grávidas, que, no caso de infecção, correm risco de o filho vir a nascer com microcefalia.

Os 31º Jogos Olímpicos de Verão serão realizados entre 5 e 21 de agosto. De 7 a 18 de setembro, será a vez da cidade sediar os Jogos Paralímpicos.

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.