Após cartilha, prefeitura de Moscou planeja app para ‘selfie segura’

App incluirá também software para editar selfies

App incluirá também software para editar selfies

Iliá Pitalev/RIA Nôvosti
Aplicativo vai identificar localização de usuário, mostrar melhor ponto para foto e acionar temporizador. No início de julho, o Ministério do Interior da Rússia já havia apresentado um guia para reduzir o número de vítimas fatais de selfies.

Depois do manual com sugestões de como tirar uma “selfie segura”, as autoridades de Moscou querem fornecer uma nova ferramenta para garantir a segurança de moradores e turistas ao tirar fotos na capital russa.

A prefeitura está aceitando propostas para desenvolver um aplicativo de smartphone que sincronize o telefone do usuário com as câmeras do sistema de monitoramento nas ruas. O serviço estará disponível mediante pagamento de assinatura mensal.

O aplicativo vai localizar o usuário e, em um mapa com GPS, mostrará o melhor ponto para tirar uma selfie; em seguida, irá automaticamente acionar o temporizador da câmara. O app incluirá também um software para editar as selfies.

Segundo o chefe do departamento de tecnologias de informação de Moscou, Artiom Iermolaev, a prefeitura já recebeu uma série de propostas para o app, que será financiado por investidores privados.

No início de julho, o Ministério do Interior russo apresentou o guia “Tire selfies seguras – Uma selfie descolada pode custar a sua vida”, com o objetivo de reduzir o número de vítimas fatais de selfies e brecar a atual tendência de tirar fotos de si mesmo em situações de risco.

O chefe da Comissão para Legislação, Regulamentação e Procedimentos da Duma (câmara dos deputados na Rússia), Aleksandr Semennikov, já sugeriu a necessidade de introduzir a proibição de selfies em locais perigosos na capital.

Publicado originalmente pelo jornal The Moscow Times

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.