“Crime e Castigo” vira jogo de tabuleiro

Tabuleiro é baseado em descrições de Dostoiévski no romance Foto:  Assessoria de Imprensa

Tabuleiro é baseado em descrições de Dostoiévski no romance Foto: Assessoria de Imprensa

Jogadores poderão percorrer marcos da obra de Dostoiévski e testar conhecimentos sobre literatura. Proposta tem conexão com Ano da Literatura na Rússia, que vem sendo celebrado por meio de iniciativas culturais.

Um jogo de tabuleiro baseado no clássico “Crime e Castigo”, de Fiódor Dostoiévski, será lançado em breve na cidade de São Petersburgo. Nele, os jogadores poderão assumir o papel de um dos personagens da obra e transitar pelo centro da capital cultural da Rússia, que é retratada no tabuleiro.

“Tudo começou no Dia de Dostoiévski, quando percebi o interesse das pessoas em participar das sessões de leitura de obras do autor. No início pensamos em seleciona vários títulos dele, mas depois concordamos em pegar um só”, conta Iúlia Kumaneva, curadora do projeto.

Ao longo da aventura, os jogadores atravessam o tabuleiro de grande precisão topográfica, baseada em descrições de Dostoiévski no romance, percorrem os eventos associados com o personagem escolhido e testam seus conhecimentos sobre o romance e literatura em geral.

“Os recursos para o projeto partiram da plataforma Bommstarter, uma incubadora de investimentos para projetos criativos. O plano agora é estabelecer parcerias com livrarias e lojas de jogos”, diz a curadora. A previsão é que o novo jogo seja vendido por 1.000 rublos (em torno de 55 reais).

“Tentamos fazer com que fosse interessante para adultos e crianças. Esperamos que as vendas não se limitem a São Petersburgo”, conclui Kumaneva.

Ano da Literatura

O jogo inclui uma cartela com perguntas sobre o romance e o autor, de modo que, além de entreter, as jogadas assumem caráter educacional.

A proposta em si mantém conexão direta com o Ano da Literatura na Rússia, celebrado em 2015, que visa a estimular o hábito de leitura entre os cidadãos.

“O objetivo das comemorações do Ano da Literatura é recordar o significado e missão especial da literatura”, afirmou o presidente Vladímir Pútin, no lançamento da campanha.

A própria página do projeto se utiliza da declaração de Pútin para estimular não só a leitura, mas o interesse pelo novo produto: “Escutem o presidente, leiam o romance e participem do jogo”.

 

Publicado originalmente pelo site fedordostoevsky.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Leia mais