EUA e Rússia iniciam regime de isenção de vistos

Folha anexa ao passaporte passa a provar que moradores são nativos das regiões do acordo. Foto: TASS

Folha anexa ao passaporte passa a provar que moradores são nativos das regiões do acordo. Foto: TASS

Medida vale para moradores da região russa de Tchukotka e do Alasca norte-americano

Desde a última sexta-feira (17), iniciou-se um regime de isenção de vistos para residentes da região russa de Tchkótka e do Alasca norte-americano, de acordo com informação oficial do site da Região Autônoma de Tchukotka, unidade federativa da Rússia.

A base para a medida surgiu após a Comissão Regional do Estreito de Bering, por parte dos EUA, anunciar sua prontidão na emissão de uma folha anexa ao passaporte de moradores nativos do Alasca que desejassem visitar a Tchukotka em regime de isenção de visto com base no vigente "Acordo sobre viagens mútuas de moradores da região do Estreito de Bering".

A notícia foi anunciada pela encarregada-sênior da Comissão Regional do Estreito de Bering dos EUA, Vera Metcalf a seu homólogo russo Leonid Gorenshtein.

"O anexo ao passaporte é uma confirmação de que o cidadão é morador da determinada região que é indicada no acordo russo-estadunidense", explica o conselheiro da região de Tchukotka, Matvei Mikhailenko.

O Alasca já tinha um modelo do anexo dese a assinatura do acordo, que funciona desde 1989 e abrange apenas os moradores nativos da Tchukotka e do Alasca que vivam em ambos os lados da fronteira russo-americana e possuam parentes nessas regiões.

Com o acordo, os cidadãos poderão passar até 90 dias no país vizinho.

Os cidadãos russos podem entrar em determinados territórios norte-americanos desde 2012, nas ilhas de Guam e Ilhas Marianas, ambas na Micronésia.

Versão reduzida de material do site Vesti.Ru.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies