Em uma época de conflitos em escala mundial e de mudanças globais, é preciso repensar, compreender e assimilar a história nacional. O projeto multimídia “Registro fotográfico da história da Rússia”, lançado pela Casa da Fotografia de Moscou, tem justamente essa finalidade.

A iniciativa foi concebida para recriar uma imagem fiel dos acontecimentos do passado e dos personagens envolvidos no processo histórico. Além do desenvolvimento de um site interativo, estão sendo publicados quatro volumes de fotografias reunidos sob o título “Rússia. Século 20 em Imagens”.

Os livros documentam e exibem a vida cotidiana, as guerras e as catástrofes do século passado através das lentes dos principais mestres da fotografia da primeira metade do século 20, como Aleksandr Rodtchenko, Arkádi Chaikhet, Boris Ignatóvitch, Ivan Chagin, Vladislav Mikocha, Mikhail Prekhner e Gueórgui Zelma.

As fotografias foram selecionadas a partir de fontes variadas. Algumas chegaram das coleções da Casa da Fotografia de Moscou, do Arquivo Nacional da Federação Russa, da Biblioteca Nacional da Rússia e dos museus de história nacionais. No entanto, o Sindicato dos Fotógrafos, bem como os acervos particulares e os arquivos de família, também contribuíram para a conclusão do projeto.

Tanto nos volumes do livro como na exposição são apresentadas imagens dos episódios e personagens históricos mais diversos. Entre as fotografias, é possível ver o imperador Nikolai II com sua família em Tobolsk, imagens relacionadas à Guerra Civil e à NEP (sigla em russo para a “Nova Política Econômica” promovida por Lenin na década de 1920), o enterro de Lênin e a construção de seu mausoléu em Moscou, a impressionante edificação da hidrelétrica Dnieprogués e a aprovação do Plano Geral de Moscou em 1935, entre outras.

 

Imagens:


 

A divisão da publicação em quatro volumes possibilitou a seus editores criar uma espécie de resumo cinematográfico em ordem cronológica (1918-1922, 1923-1928, 1929-1934, 1935-1940).

As fotografias são acompanhadas por notas informativas e comentários históricos no final de cada volume. A ampliação de algumas imagens também permite a análise detalhada dos ambientes e da vida cotidiana, assim como dos rostos das pessoas.

E, além do projeto “Registro fotográfico da História da Rússia” em versão impressa, as fotografias também ganharam diversas páginas on-line no site www.russiainphoto.ru.

Os internautas podem conferir várias fotografias de arquivo que, para facilitar a consulta, foram divididas em grupos temáticos como vida cotidiana, transporte e arquitetura etc.

É possível também anexar fotos próprias, atribuir imagens a autores e criar uma exposição virtual com suas imagens preferidas, tornando-se, assim, uma ferramenta para complementar o passado e registrar a história contemporânea – um legado a ser deixado para os pesquisadores do futuro.